Centro de pesquisa lança documento durante evento on-line com pesquisadores do Brasil e do Reino Unido.

Como promover o desenvolvimento tecnológico para ajudar o setor de petróleo e gás e ao mesmo tempo caminhar rumo ao desenvolvimento sustentável? Como encontrar soluções que fomentem o crescimento econômico no Brasil e simultaneamente contribuam para a ampliação das perspectivas de agentes governamentais e tomadores de decisão, de líderes empresariais, da mídia e da população em geral na busca de um equilíbrio para uma integração de respostas técnicas, econômicas, ambientais e sociais? Algumas possíveis vias estão delineadas no relatório Path for Sustainable Development —2015-2020, lançado nesta quarta-feira (2/12) pelo Fapesp Shell Research Centre for Gas Innovation (RCGI).

O relatório faz um balanço dos cinco anos de atividades do centro de pesquisa com sede na Universidade de São Paulo (USP) e financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e pela Shell, além de mostrar como os seus 46 projetos se alinham aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2015 para lidar com questões como fome, mudança climática e energia. O documento foi lançado durante a primeira sessão do Triple Helix Series, uma série de encontros internacionais que começou a ser promovida pelo RCGI para discutir os ODS com foco na transição energética e nas mudanças climáticas.

“Dentro de uma frutífera relação de tripla hélice, estabelecida entre universidade, indústria e agência governamental trabalhando em conjunto, ao lado da sociedade e com o ambiente em mente, fomos capazes de aplicar todos os nossos esforços para produzir inovação rumo à sustentabilidade”, destacou o professor Julio Meneghini, diretor científico do RCGI, na apresentação do relatório, que foi redigido em inglês. “Estamos cada vez mais atentos para compreender o impacto de nossas ações sobre o planeta e as pessoas.”

Segundo os pesquisadores do centro, os projetos do RCGI contribuem de forma especial para o cumprimento principalmente de três dos objetivos propostos pela ONU: ação contra a mudança global do clima; energia limpa e acessível; e indústria, inovação e infraestrutura. Diversos projetos do centro têm como foco a mitigação dos gases de efeito estufa, a pesquisa sobre o uso sustentável do gás natural, do biogás, do hidrogênio e a redução das emissões de dióxido de carbono (CO2).

Ao longo dos primeiros cinco anos de atividade do centro, pesquisadores do RCGI publicaram 283 artigos em revistas científicas, apresentaram 506 papers em conferências, lançaram 19 livros e escreveram 71 capítulos de livros. Quase 500 pessoas já fizeram parte do centro, fazendo uso de seus 28 laboratórios e trabalhando com 57 parcerias internacionais e 37 parcerias brasileiras. Cento e trinta e nove eventos foram sediados pelo RCGI.

Para Karen Mascarenhas, diretora de Recursos Humanos do RCGI e pesquisadora do Instituto de Psicologia da USP e do Imperial College London, destacam-se no relatório a diversidade do centro, formado por equipes multidisciplinares de pesquisadores brasileiros e estrangeiros, e a força da estrutura de tripla hélice, que no RCGI inclui a USP, a Fapesp e a Shell, “levando a uma produção científica expressiva”. “O centro está comprometido com os objetivos de desenvolvimento sustentável; o resultado de uma avaliação entre os pesquisadores mostra que eles também reconhecem a contribuição dos projetos do RCGI para os objetivos de saúde e bem-estar, de consumo e produção responsáveis e de parcerias e meios de implementação dos ODS”, afirmou Mascarenhas durante o evento que contou com a participação de pesquisadores do Imperial College London, da Universidade de Surrey e da London South Bank University, além de pesquisadores da USP.

“Hoje é um dia muito importante para o RCGI”, afirmou Meneghini na abertura do webinário Triple Helix Series. “Acabamos de concluir os primeiros cinco anos de nosso centro. A partir de agora, começamos uma fase nova, esperamos que pelos próximos cinco anos, que estará diretamente ligada aos objetivos de desenvolvimento sustentável; estamos muito orgulhosos por essa nova fase, vamos ser um centro de pesquisa para inovações relacionadas aos gases de efeito estufa e teremos cinco novos programas relacionados a esses tópicos.”

O relatório Path for Sustainable Development —2015-2020 está disponível para download neste link: https://www.rcgi.poli.usp.br/wp-content/uploads/2020/12/RCGI_Paths_for_Sustainable_Development_2020.pdf?x86037