Título da palestra – Experiências Recentes com CCUS e lições para o Brasil
Dia – 25 de novembro de 2019 – Das 10h às 12h
Local – RCGI – USP (Avenida Professor Mello Moraes, 2231)
Não é necessária inscrição

Palestrante: PAULO NEGRAIS CARNEIRO SEABRA

 
Graduado em engenharia química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979), mestre pela COPPE/UFRJ (1997) com a dissertação “Uso de tensoativos na mobilização e biodegradação de óleo diesel em solos impactados” (parte experimental realizado no Instituto Francês de Petróleo, em Rueil Malmaison – 1994-95) e doutor em engenharia química pela COPPE/UFRJ (2005) com a tese “Aplicação de biopilha na biorremediação de solos argilosos contaminados com petróleo” pela COPPE/UFRJ (2005), cuja parte experimental foi desenvolvida na Technische Universität Hamburg, Alemanha (2004-2005).
Funcionário da Petrobras (1978 a 2016), onde trabalhou no Centro de Pesquisas (CENPES) em estudos nas áreas de biotecnologia de petróleo, tratamento biológico de efluentes de refinarias, tratamento de resíduos sólidos, recuperação de solos e aquíferos contaminados por petróleo e seus derivados, mitigação de mudanças climáticas, emissões atmosféricas e captura e armazenamento geológico de CO2 (CCS), chegando a Consultor Sênior. Coordenou (2007-10) o “Projeto de Eco-eficiência em Urucu -EcoUrucu”, com projetos de melhoria de eficiência energética e ambiental dos processos de produção de óleo e gás da Base de Operações Geólogo Pedro de Moura (AM). Participou do Programa Antártico Brasileiro (2008 e 2009).
Foi coordenador do Programa Tecnológico para Mitigação de Mudanças Climáticas – PROCLIMA (2010-2014) e do Programa  Tecnológico para Redução de Emissões – EMISSÕES (2014-2016), coordenando projetos de P&D com diversas instituições nacionais e internacionais. Patrocinou o CO2 Capture Project que desenvolve diversos projetos relacionados com CCS.
Foi representante da Petrobras e membro da diretoria (2010-16) no Petroleum Environment Research Forum (PERF), que engloba as principais empresas petrolíferas mundiais, e participou do grupo técnico do Carbon Sequestration Leadership Forum (CSLF), representante o Ministério de Minas e Energia. Foi membro do Executive Committee do IEA Greenhouse Gas R&D Programme (IEAGHG), de 2012 a 2016. Participou da delegação brasileira nas Conferências das Partes da UNFCCC (COP) 16 (Cancun), 17 (Durban) e 20 (Lima).
Tem diversos trabalhos científicos em revistas e conferências nacionais e internacionais. Capítulo no livro “Microbiologia Ambiental”, publicado em 2008 pela EMBRAPA Ambiental. Participou de diversas bancas de mestrado e doutorado. Deu aula no MBP da COPPE (2002/2003) e no Mestrado de Química da UERJ. Consultor ad hoc da FACEPE (Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco) desde 2012.
Membro do Steering Committee do InternationalWorkshop on Offshore Geologic CO2 Storage (2016-até o presente). Atualmente atua como consultor na área de meio ambiente e energia.