Este projeto visa preparar monômeros bio-baseados, como polióis e isocianatos, para empregá-los na síntese de novos poliuretanos.

Tais monômeros serão produzidos pela integração das químicas do CO2 e do etanol (e/ou da química de seus derivados diretos, como o carbonato de dietila e o levulinato de etila; matérias-primas importantes para preparar moléculas essenciais e complexas de alto valor agregado).

Usar o CO2 como bloco de construção para preparar compostos importantes também ajudará a diminuir seu alto teor na atmosfera, gerado pela queima constante de combustíveis fósseis e durante a preparação do etanol a partir da cana-de-açúcar, dentre outros.

Já nossos objetivos específicos podem ser assim resumidos:

1) Preparar monômeros de isocianatos inéditos e conhecidos (compostos que são comumente usados em reações de polimerização) por um método novo ou melhorado, empregando diretamente CO2 ou carbonato de dietila como materiais de partida.

2) Desenvolver métodos para preparar polióis novos e conhecidos, com diferentes cadeias de carbono, a partir do levulinato de etila (etanólise da biomassa) e de outras plataformas da biomassa.

3) Estudar novas reações de polimerização a partir de isocianatos e polióis sintetizados, visando à preparação de poliuretanos bio-baseados.

Combinando os novos métodos que serão desenvolvidos para preparar isocianatos inéditos e conhecidos (objetivo 1) e polióis (objetivo 2) de forma sustentável, a partir de fontes renováveis, seremos capazes de fazer vários poliuretanos (objetivo 3) com novas propriedades. Isso dará uma ideia clara de como a partir do etanol da biomassa, e do CO2, é possível preparar importantes compostos bio-baseados.

EQUIPE

Coordenadora do Projeto:
Antonio Carlos Bender Burtoloso – IQSC
Currículo Lattes

Vice-coordenador do Projeto:
Liane Marcia Rossi – IQ-USP
Website profissional